Masculinidade e Feminilidade: A Diferença que Atrai

O Curso resgata de forma maravilhosa e impactante a verdadeira vocação do homem e da mulher no mundo.

PRECISAMOS DE TESTEMUNHAS

De acordo com o dicionário, testemunha, é a pessoa que assistiu um fato, presenciou um acontecimento, e pode atestar a verdade. O Papa Beato Paulo VI, dizia que os homens do nosso tempo não ouve tanto os mestres, mas sim as testemunhas, e quando ouve os mestres é porque eles também são testemunhas.

Mas do que nunca o mundo de hoje precisa de testemunhas de um amor autêntico. Essa é uma urgência!  

A REALIDADE ATUAL

Pois nós estamos vivendo em meio a uma sociedade líquida, onde vemos uma crescente fragmentação dos referenciais de sentido e uma profunda relativização dos valores. E a crise da verdade, gera uma crise de sentido nas pessoas, que diante de suas frustrações e incertezas, buscam satisfações imediatas e hedonistas, gerando um clima de permissividade e sensualidade. Em uma sociedade assim, já não há espaço para projetos de vida de longo prazo e nem para compromissos definitivos. O discurso do politicamente correto se torna único e os interesses do mercado passam por cima da dignidade da pessoa humana. E infelizmente os mais afetados com essa cultura, são as novas gerações!

 

FOMOS CHAMADOS PARA O DESAFIO.

Paul Claudel, um filósofo cristão francês, certa vez disse que “a juventude não foi feita para o prazer, mas para o desafio”. É uma frase provocadora, porque mostra a grandeza desse período da nossa vida e nos encoraja a enfrentar os obstáculos que aparecem no caminho. Portanto, convido você jovem, a não se curvar diante do ambiente! Relembro o apelo de São João Paulo II, que dizia:

 

Amados jovens, não vos contenteis com nada menos do que os mais altos ideais! Não vos deixeis desanimar por aqueles que, desiludidos da vida, se tornaram surdos aos anseios mais profundos e autênticos do seu coração. Se mantiverdes com ardor os vossos anelos pelo Senhor, sabereis evitar a mediocridade e o conformismo, tão espalhados na sociedade.

 

Você pode fazer a diferença! Desde que tenha a coragem de nadar contra a correnteza. E quero indicar-lhe um campo específico, onde você pode deixar a sua marca na história: o matrimônio e a família.

 

FAMÍLIA: BASE DA CIVILIZAÇÃO DO AMOR!

Todos nós sonhamos com a Civilização do Amor! Mas precisamos entender que a família é a base e o fundamento da Civilização do Amor”. Não podemos construir um mundo novo, se não trabalharmos na edificação de novas famílias. Pois o “futuro da humanidade passa pela família”. E o projeto de família, tal como foi pensado por Deus desde o princípio, é fundado na aliança de amor entre homem e mulher para toda a vida, ou seja, através do sagrado matrimônio.

Portanto, uma excelente maneira de você ajudar a construir a Civilização do Amor é formando uma família católica sólida, gerando e educando muitos filhos na fé e na virtude, que por sua vez sejam bons cristãos e cidadãos.

Você pode reproduzir os bons exemplos e valores deixados pelos seus pais. E mesmo que sua história familiar tenha sido conturbada, você também pode fazer um caminho diferente dos seus pais. Pois “tudo posso Naquele que me fortalece” (Filipenses 4, 13), afirma o apóstolo.

 

TESTEMUNHO PESSOAL

Eu também não tive uma grande estrutura familiar. Meus pais se juntaram, depois do fracasso do primeiro casamento do meu pai e da decisão da minha mãe de fugir da casa dos meus avós. Meu pai era 30 anos mais velho do que minha mãe. Embora meus pais fossem pessoas honradas e trabalhadoras, nossa casa não era um ambiente de fé, diálogo e união. Sempre tive bastante dificuldade de relacionamento com meu pai, que melhorou um pouco, quando fiz minha experiência de fé, dois anos antes do seu falecimento. Hoje entendo que eles faziam o melhor que podiam, porém, não foi o modelo de casamento e família para ser reproduzido.

Durante a minha caminhada também tive medo de errar e de não conseguir dar conta de constituir uma família estável e sólida. Mas foi a experiência pessoal com Cristo vivida na minha juventude e os ensinamentos da Igreja que fortaleceram a minha decisão de abraçar o matrimônio, confiando na graça de Deus, e estimulado pelo belíssimo testemunho de casais católicos que conheci ao longo dos anos.

E hoje percebo claramente que o matrimônio e família que constituí, mesmo com seus limites e fragilidades, é um testemunho luminoso para tantos outros jovens solteiros que precisam de força, para ir adiante, no seu projeto de vida.

 

NÃO TENHA MEDO DE FAZER ESCOLHAS DEFINITIVAS!

Você está sendo também convidado a ser também uma testemunha do amor autêntico! Como? Abraçando escolhas definitivas! Porque o amor promete o “para sempre”! O matrimônio é um caminho, como também é o sacerdócio e a vida consagrada. Mas uma coisa é certa: você nasceu para o definitivo e não para aquilo que é provisório. Como disse o Papa Francisco:

 

Deus chama para escolhas definitivas, Ele tem um projeto para cada um: descobri-lo, responder à própria vocação significa caminhar na direção da realização jubilosa de si mesmo. Alguns são chamados a se santificar constituindo uma família através do sacramento do Matrimônio. Há quem diga que hoje o casamento está “fora de moda”. Está fora de moda? Na cultura do provisório, do relativo, muitos pregam que o importante é “curtir” o momento, que não vale a pena comprometer-se por toda a vida, fazer escolhas definitivas, “para sempre”, uma vez que não se sabe o que reserva o amanhã.

Em vista disso eu peço que vocês sejam revolucionários, eu peço que vocês vão contra a corrente; sim, nisto peço que se rebelem: que se rebelem contra esta cultura do provisório que, no fundo, crê que vocês não são capazes de assumir responsabilidades, que não são capazes de amar de verdade. Eu tenho confiança em vocês, jovens, e rezo por vocês. Tenham a coragem de “ir contra a corrente”. E também tenham a coragem de ser felizes! (Papa Francisco, Mensagem aos voluntários da JMJ, 28 de julho de 2013).

 

Faça parte dessa nova geração de jovens que estão tendo a coragem de aprender a amar e se preparar adequadamente para o matrimônio. A sociedade carece de modelos e referências, e o Senhor quer levantar você para fazer a diferença.

Espero que esse artigo tenha feito sentido para você!

Compartilhe esse material com os seus amigos.

Um grande abraço!

Deus te abençoe!

 

Fernando Gomes
Idealizador do Projeto Amor Autêntico
Escritor e conferencista católico.

 

E se você quiser aprofundar mais nesse assunto conheça o nosso PROGRAMA DE EDUCAÇÃO PARA O AMOR.

BAIXE AGORA GRATUITAMENTE!

Neste Ebook gratuito, você irá descobrir de forma simples a dignidade do seu corpo e o seu chamado para manifestar nele e através dele a glória de Deus por meio da pureza.

© 2018 · Projeto Amor Autêntico. Todos os direitos reservados. Termos de Uso | Políticas de Privacidade
Editora Presença, Praça XV de Novembro, 152, Sala A, Centro, São José do Rio Pardo, SP, CEP 13720-000

Desenvolvido por CriaTec